Monthly Archives: May 2015

Mobilização do MULTICAMPEÃO por um grande vencedor: China

Por entender que os jogadores que contribuíram para a grandeza do clube devem ser apoiados e acolhidos em seus momentos difíceis depois de penduradas as chuteiras, o Movimento Grêmio MULTICAMPEÃO decidiu ajudar o ex-atleta Henrique Valmir da Conceição, o China. Para isso, contou com a parceria efetiva do consulado de Canoas e a colaboração do ex-presidente Fábio Koff, que cedeu o Olímpico para a iniciativa.

China atravessava um período de dificuldades, algo que pode acontecer com qualquer um. Precisava de ajuda para se reerguer e seguir seu caminho marcado por vitórias eternizadas na mente e no coração de cada gremista.

Foi aí que o Movimento Grêmio MULTICAMPEÃO se fardou e entrou em campo. Além de ajudar a reposicionar o profissional, o grupo realizou inúmeras ações com o objetivo de arrecadar recursos para reequilibrar as finanças do hoje técnico de futebol. Depois de meses de muito trabalho, com mobilização total de seus integrantes, o MULTICAMPEÃO juntou um valor expressivo, já depositado na conta de China.

O Movimento Grêmio MULTICAMPEÃO faz esse comunicado para deixar bem claro que, assim como os atletas que hoje honram a camisa do Grêmio, também aqueles que vestiram o sagrado manto tricolor seguem merecendo nosso aplauso e nosso apoio.

Presidente Romildo, a hora é agora!

O Movimento Grêmio Multicampeão vem a público reiterar seu apoio ao presidente Romildo Bolzan, ao mesmo tempo em que manifesta sua confiança e convicção de que as mudanças necessárias serão feitas para que o atual projeto de gestão atinja seus objetivos, recolocando o clube definitivamente no caminho da modernidade e das vitórias.

São nos períodos de crise que podem surgir as melhores oportunidades, ensina a filosofia chinesa. O Multicampeão está convencido de que Romildo Bolzan saberá aproveitar os ensinamentos do momento difícil para tomar as providências que os resultados de campo estão impondo.

O sucesso muitas vezes depende da capacidade de avaliação permanente de cenários e da coragem de tomada de decisões estratégicas que impliquem correções ou até mesmo mudanças de rumo.

É hora, também, de as diversas correntes políticas desprezarem diferenças e ressentimentos e unirem-se com todas as forças em torno da instituição Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.

Movimento Multicampeão: punição dura aos bárbaros dos estádios

O Movimento Grêmio Multicampeão repudia com veemência os atos de vandalismo ocorridos em mais um Gre-Nal. Por sorte, ninguém saiu ferido com gravidade.

Infelizmente, tivemos mais uma cena chocante, deprimente, que se repete de forma intercalada. Só muda a cor das camisas dos bárbaros travestidos de torcedores e o local, Beira-Rio ou Arena. Os depredadores do patrimônio alheio maculam a imagem do próprio clube e ainda lhe impingem uma conta pelos danos materiais sofridos pelo anfitrião.

É preciso dar um basta nessa situação. Os torcedores do bem não podem perder espaço para delinquentes. São necessárias medidas enérgicas para coibir as ações dos vândalos, presentes entre gremistas e colorados em igual proporção. Indivíduos que se misturam com os verdadeiros torcedores, aqueles que vão a jogos de futebol unicamente para apoiar seus clubes.

Gente que se aproveita do anonimato das multidões para provocar, ofender e agredir, sem medir consequências, como aconteceu também antes do jogo. Gremistas, mais uma vez submetidos a um humilhante brete, foram atingidos por pedras jogadas por elementos que não podem ser classificados de torcedores. Agressão que poderia ser impedida se houvesse uma proteção mais adequada por parte da Brigada Militar aos torcedores do Grêmio. Uma operação que seja tão eficiente quanto aquela que resguardou os torcedores do Inter no Gre-Nal disputado na Arena.

De que adianta a proibição de comercialização de bebidas alcoólicas dentro dos estádios se pessoas cada vez mais bêbadas ingressam sem controle. E o que dizer, então, do consumo de drogas sem fiscalização alguma?

O Movimento Grêmio Multicampeão enfatiza a necessidade de medidas firmes que garantam a segurança de todos aqueles que vão a jogos de futebol apenas para torcer por seu time, e reitera que os autores dos atos de violência ocorridos sejam punidos com rigor exemplar. Está muito claro que a impunidade é o maior combustível para a violência nos estádios.